23 de out de 2018

A representatividade não é zero. Estamos e continuaremos ainda mais fortes!


Apesar de tudo que estamos passando com o atual contexto político brasileiro, ainda existe esperança para nós e nossas pautas. No primeiro turno das eleições 2018, foram eleitos candidatos que pertencem à comunidade LGBT e feminista e que, desde o início das eleições, levantam essas bandeiras e mostram nossa perspectiva e modo de vida.

Os eleitos foram:

Espirito Santo: Fabiano Contarato (Rede)

São Paulo: Erica Malunguinho (Psol)
Erika Hilton (Psol_
Isa Penna (Psol)

Rio de Janeiro: Jean Willys (Psol)
Dani Monteiro, Talíria, Mônica Fransico, Renata Souza (Juntas/Psol)
Marcelo Calero (PPS)

Pernambuco: Robeyonce (Psol)

Distrito Federal: Fábio Felix

Esses candidatos foram os eleitos e que estão na luta pela LGBTfobia e feminismo nesse novo período e serão as pessoas que vamos poder ver de perto seus trabalhos e ainda podemos contar como  aumento de 35% de deputadas mulheres nessa última eleição, trazendo mais representatividade para tas mulheres. 


Texto: Fernanda Atayde
Imagem: Divulgação