Coluna da Ágata | Identidade de gênero? Orientação sexual?


Essas dois temas são sempre discutidos na sociedade e sobre isso ainda há muitas duvidas, paradigmas, confusão e preconceito e a única maneira de sanar todas essas questões e dando informações e conhecimento as pessoas. Nesse post vou tentar de uma maneira simples explicar cada um desses dois temas, vamos lá.

Todo mundo nasce com o sexo determinado, masculino ou feminino, os brinquedos, cores, temas de festas o que cabe a cada um fazer durante a sua vida é determinado pela sociedade há muito tempo. De acordo com o crescimento e desenvolvimento a criança começa a "andar com as próprias pernas" e criar a sua própria personalidade e nessa fase entra aqueles conflitos 'meu filho brinca de bonecas, será que ele é gay?' 'minha filha não gosta de rosa, será que tem algo estranho com ela??' afinal brinquedos e cores definem sexualidade e identidade de gênero?

Orientação sexual  tem a ver com quem você sente atração física e/ou emocional, de uma forma mais simples tem a ver com quem você quer pegar na baladinha. Ser hétero (sente atraído pelo sexo oposto), homossexual (sente-se atraído pelo mesmo sexo) , bissexual (sente-se atraído por ambos dos sexos), pansexual ( sente-se atraído por homens, mulheres, mulheres e homens trans, tavestis...), assexuado (pessoa que não experiencia atração sexual) +, que no caso não tem ligação nehuma com se a menina não usa rosa ou o menino brinca de bonecas.
pode ser atraída por um homem, uma mulher, uma pessoa transgênera ou uma pessoa sem gênero definido, segundo a especialista.Fonte: iGay - iG @ http://igay.ig.com.br/2017-06-08/pansexualidade.html
pode ser atraída por um homem, uma mulher, uma pessoa transgênera ou uma pessoa sem gênero definido, segundo a especialista.Fonte: iGay - iG @ http://igay.ig.com.br/2017-06-08/pansexualidade.html

Identidade de gênero é como você se enxerga, como você se sente, o gênero que você se identifica fazendo parte, por ex: Laura quando nasceu falaram ' você é um menino' ela cresceu e falou 'não eu sou uma menina, se Laura sentir atração por homens ela é uma mulher trans hétero, se ela sentir atração por meninas ela é lésbica e se sentir por ambos ela é bissexual.

Existem muitos discursos falando sobre liberdade, sobre a não rotulção de pessoas, que cada um fica com quem quiser mesmo sendo um discurso bonito toda essas questões tem que ser discutidas e faladas pra sociedade entender o que é orientação sexual e identidade de gênero para que a gente possa buscar politicas publicas que irão trazer uma melhor qualidade de vida na questão social, acesso a saúde, respeito, direitos civis a toda essa comunidade.

E pra finalizar uma breve fala de Laura Janêz uma mulher trans, modelo de 21 anos:

"Eu sou uma mulher que me identifico como transexual, ser mulher independente de trans ou cis é resistir, essa é a palavra resistência, por isso que a gente não nasce mulher torna-se. A minha sexualidade é definida heterossexual, me sinto atraida por homens.

No brasil a transexualidade ainda é considerada uma patologia e tudo se precisa de laudos e burocracias, estou trocando meu nome e meu gênero, e é isso!"




pode ser atraída por um homem, uma mulher, uma pessoa transgênera ou uma pessoa sem gênero definido, segundo a especialista.Fonte: iGay - iG @ http://igay.ig.com.br/2017-06-08/pansexualidade.htmls

Compartilhe

 
Copyright © Coletivo Caneca. OddThemes