12 de mai de 2017

13 Reasons Why e o silenciamento das lutas


13 Reasons Why é uma série inspirada no livro que dá o nome a série e que teve a produção de Selena Gomez.

Hannah (Katherine Langford) grava 13 fitas e em cada uma, conta os porquês dela se matar, narrando de maneira bem culposa e mostrando que tudo o que fizeram fez ela chegar ao suicídio e assim, trazendo de forma intensa o tema vingança através do suicídio (o que já é motivo o suficiente para problematizar!!!!!!!!!)

Acredito que a série é importante e precisa trazer esses temas a tona, mas a pergunta que mais me inquieta é: Precisava ser dessa forma?

A série tem uma ambientação adolescente, mas traz temas extremamente adultos, o que dificulta tudo e deixa ainda mais pesada.

Clay (Dylan Minnette) é o menino que começa ouvir as fitas e começa a se sentir culpado por tudo que acontece com Hannah, criando vários momentos de efeito borboleta, como se a pudesse salvar dessa situação, o que é algo complicado, pois ela traz a tona a culpa de todos, deixando ele inquieto sobre a sua culpa em sua morte. 


Em tempos em que a militância vem tomando forma em seriados como "Dear White People" ou "Sense8", vem 13 Reasons Why com o debate sobre suicídio, estupro e outros problemas sociais.

Entretanto, mesmo ao trazer novos debates, ouve os mesmos silenciamentos e esteriótipos envolvidos nessa série, como Courtney, a única personagem que tem pais gays e que tem possibilidade de ser lésbica, entretanto, ela faz joguinhos psicológicos com Hannah sobre a foto delas se beijando, que foi tirada de maneira inesperada.

Além do silenciamento constante de todas as mulheres no seriado em diversos momentos, Justin é o exemplo desse silenciamento, em que ele tenta de todas as maneiras mostrar que Brice não fez nada em uma das festas do colegial contra a sua namorada Jessica.

A ideia de broderagem, está ali o tempo todo, pois Brice é o tipico macho alfa, que sempre consegue as mulheres, a todo custo e nesse custo, envolve estupro com Hannah e Jessica, sendo assim, um dos porquês de Hannah se matar.

Outro problema é que a partir dessa série, o CVV começou a ter mais ligações, o que de certo modo deveria ser bom, já que as pessoas estão querendo expor seus problemas, mas, com essa série, ela abre diversos gatilhos para que as pessoas pensem em suicídio de modo que seja a ação que mais tem sentido, após sofrer abusos.

Acredito que o tema suicídio precise sim ser debatido, já que atualmente são registrados 71% de suicídios no Mundo, entretanto, trazer a tona esse tema com cenas de estupro na integra e a cena do suicídio, em que sim, eu não consegui assistir e sei que muitos não conseguiram.

Por fim, acredito que 13 Reasons Why não é uma série para todos, não da pra assitir em um dia tranquilo e ver com qualquer pessoa, pois não sabemos os gatilhos que ela pode causar e fica meu apelo para que cada um que estiver vendo, analise se realmente essa série está te fazendo bem ou mal, pois ao contrário de outras séries, ela realmente mexe com a gente e se você não está bem, ela pode sim, te afetar de uma maneira completamente desnecessária.