Entenda a reforma da Previdência e venha para a greve!


Olá pessoal, tudo bom? Todo mundo ouviu falar em vários lugares (se você não ouviu corre atrás) sobre a greve geralzona que irá rolar nesta sexta-feira dia 28.

O Caneca apoia a greve sim senhor, não só apoia como convida todos vocês a participarem desse ato contra a reforma Previdenciária que o governo  (fora) Temer está propondo.

Mas antes de ir para as ruas ou ficar em casa sem sair para trabalhar, para comprar, para passear... enfim, antes de tudo isso, é preciso entender o que é essa reforma, o porque é tão ruim, porque somos contra, e o que vai mudar.

Vamos começar gostosinho do começo ok?


SIMM! Muito mesmo, o atual molde de previdência social não está levando em consideração que a estimativa de vida da população Brasileira aumentou, fazendo com que crie mais dependentes e menos contribuintes, para vocês terem uma ideia, em 2060 mais que 40% da população terá acima que 60 anos! (UAU k forte a terceira idade nesse pais – Madonna e Cher eu te veneroooo).


Também, porém com a famigerada crise que tivemos nesses últimos anos, o cenário econômico ficou bem feio, fazendo com que o número de dependentes de benefícios sociais aumentasse and o número de contribuintes diminuíssem.
Até aí ok... Porém essa reforma está sendo bem pessimista... Baseando toda uma reforma no pior momento econômico do Brasil, sendo que o Brasil já está superando a fase Emo (coisa que eu não fiz) e voltando a ficar com um cenário mais positivo onde o din din voltou a circular, claro que isso é gradual e ainda estamos nos recuperando, mas fazer uma reforma tão radical supondo que não teremos uma melhora econômica é meio sem sentido feat drástico, não acha?


Hoje existem dois tipos de aposentadoria, por idade e por tempo de contribuição.
Os homens podem se aposentar com qualquer idade após 35 anos de contribuição, enquanto as mulheres podem após 30 anos de contribuição, também sem idade mínima.
Há também a aposentadoria por idade. Os homens com 65 anos pode se aposentar aos 65 anos, desde que tenham ao menos 15 anos de contribuição. As mulheres, por sua vez, podem se aposentar com 60 anos, também com pelo menos 15 anos de contribuição. 


Mores é aqui que o negócio fica #tenso, a reforma vai trazer 3 pontos de mudança:

Tempo de contribuição mínimo: Para você conseguir se aposentar com 100% do valor você terá que trabalhar mais, você terá que trabalhar 49 anos (o que antes era 35), se você não começou trabalhar com 16 anos você não vai conseguir se aposentar com 65.

MORES MAS ESPERA QUE TEM MAIS!

Esses 49 anos de contribuição, é contribuição interrupta, gente isso mesmo, você tem que trabalhar 49 anos sem parar de contribuir durante um mês se quer.

Ou seja, se você ficar 2 anos desempregado fudeu nénom.

Idade mínima para aposentadoria: Outra coisa que criaram é a idade mínima para a aposentadoria, qualquer pessoa independente do tempo de contribuição não poderá se aposentar antes dos 65 anos!

Lembram que eu disse que para conseguir aposentadoria 100% você precisa ter 49 anos de contribuição? O governo Temer bem bonzinho deixa você se aposentar com apenas 25 anos de contribuição, claro que ai o valor da aposentadoria não é integral, mas veja bem... mesmo se você decidir se aposentar com 25 anos de contribuição você tem que ter 25 anos de  contribuição feat ser maior que 65 anos.

Gente, vamos parar para pensar um pouco em uma coisinha:


Resumão para vocês: Vamos trabalhar literalmente até morrer.

Isso sem falar nas pessoas trans, onde a expectativa de vida hoje é de 35 anos. Elas que já enfrentam dificuldades enormes de se inserir no mercado formal. E também de LGBTs no geral, principalmente negros onde o índice de desemprego já é maior em relação aos brancos. Essas pessoas que acabam ocupando subempregos e lidam com discriminações de todos os tipos no ambiente de trabalho.  O aumento da competitividade proporcionado pela reforma só vai diminuir as chances dessas pessoas de conseguirem se inserir e se manter no mercado de trabalho e adquirir autonomia financeira.

Ou seja, como sempre isso será prejudicial principalmente para a população de vulnerabilidade.

Idade para aposentadoria igual para homens e mulheres: Hoje as mulheres podem se aposentar 5 anos antes. É muito privilegio né gente? Levando em conta que as mina fazem jornada dupla e estaticamente ganham menos para trabalhar a mesma coisa!

A reforma que abolir isso. COLOCA TODO MUNDO PARA MORRER TRABALHANDO, SENADO!

Estão falando que a expectativa de vida da mulher é 7 anos a mais que o homem, e por isso é justificável.

Gente perai, eu sou a feministona do role, a favor da igualdade, mas querer resolver um problema de igualdade metendo o loco na previdência não da né?

Do que adianta se aposentar igual, ou viver mais, quando todo dia a mulher trabalha, cuida da casa, cuida dos filhos (excluindo mulheres como eu e outras milhares que são mães feat universitárias feat trabalham... E AS MAES SOLOS A GENTE NÃO VAI PENSAR NELAS?). Do que adianta a gente igualar a idade, mas a responsabilidade de criação do filho cair toda sobre a mãe?  Quando somente a mulher que falta no trabalho para levar filho no médico, da mulher não ser contratada (e não contribuir para o INSS pois não trabalha) por ter filho pequeno?

Isso é um direito que esta sendo tirando das mulheres e isso gravíssimo, principalmente negras e trans.

Agora vamos falar de outra coisa de EXTREMA importância, os trabalhadores rurais. Eles serão os mais afetados, alguns pontos:

  • Antes os trabalhadores rurais precisavam ter 15 anos de trabalho comprovado para conseguir se aposentar com um salario mínimo (uau que fortuna né?) com a reforma eles precisarão trabalhar 25 ANOS! Gente, 25 anos de trabalho comprovado rural é muita coisa. 
  • O trabalho rural é sazonal, isso quer dizer que ele é de época/estação fazendo com que eles trabalhem MUITO por 3 meses de colheita de algum alimento, e fiquem parados por falta de  plantação/colheita durante 2 meses, quer dizes que não serão necessariamente 25 anos e as vezes pode chegar até o dobro de tempo.
  • O Brasil é um pais de privilegiados, o judiciário, os militares,  e até os professores e trabalhadores urbanos tem voz, tem voz mesmo que não seja nas grandes mídias tem voz pelo facebook, por blogs, por videos, tem voz em rádios, colunas, jornais, o trabalhador rural não! Quem vai gritar por eles?
  • O trabalhador rural será impactado severamente enquanto o judiciário, os militares, que tem aposentadorias de até 26 mil reais serão os menos prejudicados (lembram que eu disse que o motivo da reforma é que tem pouca gente ativa para sustentar os inativos?). Os militares e o setor público tem muito mais gente inativa do que ativa, e a reforma será menos severa para eles!

E para finalizar a textão tour, vou deixar uma reflexão:

Vai ter muita gente sendo empurrada para o beneficio mínimo e uma lei de terceirização está sendo aprovado, o que vai deixar muita gente trabalhando na informalidade sem poder comprovar tempo de carteira.

Se a gente se organizar certinho, ninguém se aposenta não é mesmo Temer? (Diferente de você que se aposentou com 51 anos)

Compartilhe

 
Copyright © Coletivo Caneca. OddThemes